“How can Portugal change the world again!”

Foi o tema da conferência do passado dia 12 de Junho de 2017 realizada no Hotel Sheraton e promovida pelo American Club of Lisbon.

A SPASS, representada por Miguel dos Santos Pereira e por Bruno dos Santos Pereira, contribuiu na promoção da participação do Dr. Robert Young, Professor na Universidade de Austin, no Texas, que se fez acompanhar pelo Dr. Thomas Osdoba.

Na sua palestra, o Dr. Robert Young apresentou um novo modelo económico para Portugal baseado no Desenvolvimento Interno e no Desenvolvimento Sustentável.

“Portugal precisa de uma nova estratégia de Exploração e Desenvolvimento Internos, da mesma forma que nos séculos 15 e 16 inaugurou um novo paradigma no comércio internacional criando a Primeira Economia Global do mundo”, afirmou Robert Young. O especialista em cidades e regiões sustentáveis afirmou que, tal como na era dos Descobrimentos, Portugal tem o potencial de construir um Novo Modelo Económico.

O especialista salientou a “geografia e o terreno” portugueses que são “ perfeitos para as novas fontes de energia que irão gerir as economias emergentes do século XX pós-carbono”. Uma das formas de Portugal voltar a assumir uma posição líder no mundo será através do seu Desenvolvimento Interno, que representa uma “saída significativa do actual modelo comercial de dívida e dependência”.

O investimento estrangeiro directo e a expansão das exportações permaneceriam como “importantes fontes de capital”, mas sem uma forte economia desenvolvida internamente, “o dinheiro pode rapidamente drenar para outras nações”.

Uma aposta no Desenvolvimento Interno pode “aumentar as redes económicas em Portugal para melhorar a retenção de capital, as receitas fiscais e a base produtiva da economia portuguesa”, permitindo que o país “expanda o emprego e as receitas públicas”, disse ainda o especialista.


			

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *